sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Por quanto tempo?

Manifestantes comemoram prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, decretada pelo Superior Tribunal de Justiça - STJ
 
Marcello Casal Jr/ABr
Em um país marcado pela impunidade dos poderosos e pela ineficiência do sistema jurídico/legal em combater a criminalidade, a prisão de um governador acusado de corrupção em procedimento com farto conjunto probatório pode ser um fato a comemorar. 

A grande questão é por quanto tempo o aparato jurídico será capaz de manter um governador ligado às tradicionais elites políticas do país preso? Acredito que por muito pouco tempo.

Esse provavelmente será outro episódio a reforçar a crescente sensação de impunidade na sociedade. Impunidade que está estampada todos os dias nos jornais com julgamentos de assassinatos realizados após décadas e casos de corrupção, como o do DETRAN, que tramitam por anos sem punição. Provavelmente,  o desenrolar do processo judicial do governador Arruda logo trará mais motivos para lamentar do que para comemorar.

Um comentário:

Dialógico disse...

O STF negou o HC. Ficou mais feia a coisa.

Seguidores

Direito de Resposta do Brizola na Globo