sexta-feira, 13 de março de 2009

Dois pesos duas medidas

Manchete da Folha de São Paulo online:

Ex-ouvidor de Yeda denuncia uso de grampos ilegais para tráfico de influência no governo

Zé Aga online:

Polícia vai investigar declarações do ex-ouvidor da Segurança do Estado

Nem seria necessários maiores comentários frente a tal cumplicidade e compromisso de um grupo jornalístico com um governo. Mas vamos lá. No jornal lá de São Paulo, indiscutivelmente conservador, a manchete destaca a existência de denúncias, sua gravidade, por quem e contra quem foram realizadas. No jornal aqui do RS, região para qual os fatos são da maior relevância, a manchete é indeterminada, as denúncias viram declarações, a governadora e seu governo deixam de ser denunciados para serem sujeitos ativos, ou seja, os investigadores de uma denúncia qualquer.
O grupo RBS está acabando com que restou de sua credibilidade no mesmo ritmo em que afunda o governo tucano.

3 comentários:

Anônimo disse...

No jornal impresso ficou pior: "Ex-ouvidor faz denúncia de espionagem no governo Yeda". Até parece que a Yeda foi a vítima. Incrível, a cara de pau não tem limite.

Zé Bronquinha disse...

- No governo Olívio foi tratato do tema Sistema Guardião.Houve a conclusão da necessidade da retirada de tal equipamento das mãos da polícia civil, pois esta estaria chantagenado e praticando crime de extorsão contra os barões da droga do RS

Oscar disse...

Pois é, zé bronquinha, também tenho uma vaga lembrança sobre a discussão desse assunto naquele tempo. Pena que a RBS não dá o mesmo destaque e traz elementos para sociedade discutir. Ela só omite e varre a sujeira para baixo do tapete (só não sei se não é um tapete da casa da governadora).

Seguidores

Direito de Resposta do Brizola na Globo